Você está aqui: Home Cotidiano Trabalhadores protestam contra atrasado de salários

Trabalhadores protestam contra atrasado de salários

Ônibus ficaram sem viajar para interior

Motoristas e funcionários de empresa de ônibus fecham garagem da empresa em protesto, por falta de pagamento. Segundo os trabalhadores do transporte intermunicipal, nenhum ônibus vai para a rodoviária se a empresa não regularizar salários e rescisões.

O protesto iniciou na manhã desta quarta-feira, comprometendo três linhas de ônibus para municípios do interior do estado. Com a garagem fechada pelos trabalhadores, nenhum coletivo saiu.

Segundo os funcionários da empresa Latina, que atua no transporte intermunicipal do Acre, motoristas, cobradores e pessoal do administrativo estão há 3 meses sem receber. Quem foi demitido também reclama que ficou sem o valor da rescisão.

Alan Pereira foi reclamar do atraso no salário e foi demitido. "Tem motorista que tá há três meses sem receber, trabalhando, com medo de pegar as contas que nem eu peguei", relata.

Marcos Junior Nascimento também ficou sem o emprego de motorista e ainda espera a rescisão. O clima na empresa para quem ainda se sujeita a trabalhar é ruim, afirma o profissional.

Do quadro já enxuto de funcionários, mais seis foram dispensados nos últimos meses. "Outros estão trabalhando, trabalham dois, três meses, eles tiram, colocam outros e não pagam do mesmo jeito. Pra gente não tem jeito. Temos família que passa necessidades. Por que a empresa não tem responsabilidade com a gente", explica.

Um dos gerentes da empresa falou com nossa equipe do portão da garagem. De acordo com ele, a Latina vem mantendo o dialogo com os funcionários e ex-colaboradores e que existem problemas administrativos que estão sendo ajustados. Ele afirmou ainda que a empresa passa por dificuldades, mas que não pretende fechar as portas.

Com os ônibus presos na garagem, as linhas da Latina para Caquetá, Porto Alonso e Cruzeiro do Sul foram suspensas. Segundo funcionária do guichê na rodoviária, os passageiros foram transferidos para outra empresa de transporte.

Uma reunião entre os trabalhadores, o sindicato e diretores da Latina foi marcada para a próxima sexta-feira. Para os funcionários, o que importa neste dia, é falar em dinheiro. "A gente vai manter fechado aqui até eles pagarem a gente", afirma.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado