Você está aqui: Home Cotidiano Alguns hortifrutigrangeiros começam a faltar no Acre

Alguns hortifrutigrangeiros começam a faltar no Acre

Causa é a dificuldade de travessia do Rio Madeira

Donos de supermercados já se planejam para escassez de alguns produtos. Algumas frutas, legumes e verduras comercializadas com outros estados começam a rarear nas gôndolas dos supermercados da Capital.

“A gente fica preocupado porque a maioria dos nossos produtos, aqui no nosso estado, eles vem de fora. Nós dependemos 90 por cento dos outros estados,” disse o gerente de supermercado, Moisés Silva.

A causa do problema é a dificuldade da travessia do Rio Madeira. A demora de até 24 horas para a travessia forçou a empresa responsável a colocar em funcionamento quatro balsas, três exclusivas para transporte de caminhões e ônibus. Foi uma maneira de tentar amenizar o problema.

“O que mais preocupa a gente aqui são as frutas e verduras, que são produtos que vêm uma vez por semana e não pode vir em grande quantidade, porque se perde. Então, tem que chegar toda semana e com essa seca fica difícil a passagem no Rio Madeira”, reforça o gerente.

O representante da associação dos supermercados, Adém Araújo, já havia falado, na semana passada, que, caso a situação do Madeira se agravasse, que iriam suspender a compra de alguns produtos de compra semanal e quinzenal.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado