Você está aqui: Home Cotidiano Pais de jovem acusam hospital Santa Juliana de negligência

Pais de jovem acusam hospital Santa Juliana de negligência

Após mais de 24h de espera, bebê nasceu e foi levado à UTI

Na manhã desta quinta-feira (21) os pais da jovem Ingridy Batista de Barros, 19 anos, procuraram a delegacia da 1ª Regional para registrar um Boletim de Ocorrência contra o hospital Santa Juliana. Eles alegam que o neto está na UTI do hospital em estado grave após a jovem ter sido forçada a ter o parto normal.

De acordo com a mãe de Ingridy, Claudirene Batista, a jovem chegou ao hospital por volta das 23h da última terça-feira (19), mas a criança só nasceu na noite do dia seguinte, após mais de 24 horas de espera.

“Passamos a noite todinha, de manhã veio outro médico, fez o toque e disse que ela estava com 6 centímetros. Falaram então que ela ia ser encaminhada pra um lugar onde ela teria a criança, chegando lá, fizemos a internação dela. Às 15h da tarde disseram que ela já estava com 9 centímetros, aí estourou a bolsa, eles estouraram a bolsa. Ela começou a sangrar, mas eles disseram que as contrações eram poucas, depois de muitas horas depois o bebê foi tirado, minha filha se encontra lá toda rasgada,” relatou a vó do bebê.

A família está indignada porque não até o momento não teve acesso a informações por parte do hospital da situação da criança, muito menos acesso ao prontuário, “pela informação que estou tendo é que ele está na UTI, é grave. A ultima informação que eu tive é que morte cerebral.”

Entramos em contato com a direção do hospital que ficou de retornar, mas até o fechamento deste material não havia se pronciado sobre o caso.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado