Você está aqui: Home Cotidiano Número de casos de dengue aumenta três vezes

Número de casos de dengue aumenta três vezes

Agentes ainda têm dificuldades de entrar nas casas

As estatísticas apontam que a dengue pode chegar mais forte esse ano. Nem se chegou ao período intenso das chuvas e as estatísticas apontam um quadro preocupante da dengue. Nesse mesmo período de 2017 foram registrados 11 casos de dengue. Esse ano foram 38, três vezes mais.

A incidência do mosquito Aedes aegypt nas residências está em 5,2%, quando deveria ser de apenas 1%. O problema é que o aedes não trás apenas a dengue, carrega com ele o vírus da chicungunya e do zika.

Os agentes de endemia andam de casa em casa, mas não conseguem entrar em todas. Muitos moradores não abrem as portas e nem recebem os servidores que querem avisar de um mal que pode estar dentro de casa.

Por isso, a vistoria desses agentes é essencial. Eles podem descobrir onde estão eventuais criadouros do mosquito e evitar que a dengue, zika ou chicungunya chegue a sua casa.

A prefeitura está se antecipando e intensificando a fiscalização que deveria acontecer só em novembro. Todos os dias 120 agentes vão se dividir em 6 bairros da capital e passar em todas as casas. Serão 2.750 domicílios por dia. A prefeita Socorro Nery anunciou na manhã dessa segunda-feira que vai contratar mais 30 agentes e aumentar a área de atuação.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado