13 Julho 2017 Written by 

Os candidatos ao Senado pela oposição poderão ser quatro. Não duvidem de Tião Bocalom pegar corda, caso Rodrigo Maia (DEM) realmente assuma a presidência do país, no lugar de Michel Temer.

Três mosqueteiros

A oposição se definiu quanto à candidatura ao Senado. Serão os três, mesmo: Sérgio Petecão (PSD) que vai tentar a reeleição; Major Rocha (PSDB) e Marcio Bittar, pelo Solidariedade, mas com apoio do PTB e do PPS.

Três por um

O problema de Marcio é que juntando os três PTB, PPS e Solidariedade não dá nem o equivalente a um partido inteiro. Os três foram paridos e permanecem na nanicolândia.

Pode ser quatro

Mas, os candidatos ao Senado, pela oposição, a exemplo dos mosqueteiros, poderão ser quatro. Não duvidem de Tião Bocalom pegar corda, caso Rodrigo Maia (DEM) realmente assuma a presidência do país, no lugar de Michel Temer.

CPI transportes

Ridículos os esforços da base do prefeito para abafar os escândalos do transporte público na Capital. Não convenceram ninguém e saíram mal na foto. Lamentável pelo vereador Eduardo Farias: não merecia tal papel.

Mal ...

O cargo de líder do prefeito é tão amaldiçoado e de consequências tão funestas, que não indicaram ninguém do PT para não queimar. Como político experiente, Eduardo Farias deveria ter recusado.

... na foto

Aliás, o PT adora empurrar o PCdoB para o buraco com essas funções. Dessa forma, preserva os deles. Foi assim com Edvaldo Magalhães (PCdoB), que foi líder de Jorge Viana (PT), depois Moisés Diniz (PCdoB), líder de Binho Marques (PT), Márcio Batista (PCdoB), líder do prefeito Raimundo Angelim (PT)...

Voltando...

Caiu no esquecimento a luta de Eliane Sinhasique (PMDB), quando era vereadora, pela transparência no transporte público da Capital. Eliane chegou a elaborar um dossiê, mas após ser ameaçada de morte, calou-se.

... à vaca fria

Roberto Duarte (PMDB) perdeu de levar a colega de partido para falar na CPI. Poderia pontuar situações bem interessantes. Desde que garantisse a segurança dela, é claro.

Revisando

Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, vai aos Estados Unidos na próxima segunda-feira (17). Na agenda oficial, conversa com o secretário de Agricultura do governo norte americano. A pauta do encontro não poderia ser outra: tentativa do governo brasileiro de retomar a exportação de carne para os Estados Unidos.

Guerra

Os Estados Unidos suspenderam a importação da carne fresca brasileira com o argumento de que a vacinação contra a febre aftosa causava uma inflamação na carne (na área onde era aplicada a vacina). Nenhum especialista relaciona essa “inflamação” a problemas de saúde. O que fica evidente é a natureza protecionista da medida do governo norteamericano.

15

No Brasil, 15 frigoríficos faziam esse comércio. Só para se ter uma ideia do volume negociado, de janeiro a maio deste ano, o governo brasileiro calcula que foram comercializados US$ 49 milhões. Só para que o leitor tenha dimensão do tamanho dos interesses envolvidos nesse ninho de mercado.

In natura

A exportação de carne in natura do Brasil para os Estados Unidos é demonstração evidente da qualidade da carne produzida por aqui. O governo norteamericano sabe disso. Mas, no comércio internacional, o jogo é bruto e relativiza muitas lógicas.

Andanças

O pré-candidato ao Governo do Acre, Marcus Alexandre, que acumula a função de Prefeito de Rio Branco, é (de longe) o que mais sabe da realidade da campanha eleitoral de 2018. Com as burras quase vazias, só lhe restam a simpatia e fortalecer a imagem do “prefeito mestre de obras”. Começa a apertar mão de gente cotó ainda pela madrugada, abraça gente velha, nova, adolescente e até menino remelento. “Estou andando, né?”, confidencia em círculos restritos.

Enquanto isso...

Enquanto isso, a oposição discute e se esfaqueia nos bastidores para saber quem vai ser o quê.

Sugestões, críticas e informações O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.



agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado