12 Março 2018 Written by 

“Quem convida para a festa deveria ser o aniversariante”. A fala é do presidente do Tribunal de Contas do Acre, Valmir Ribeiro sobre o processo de discussão a respeito da escolha do pré-candidato a vice na chapa de Gladson Cameli.

Sem convite

“Quem convida para a festa deveria ser o aniversariante”. A fala é do presidente do Tribunal de Contas do Acre, Valmir Ribeiro sobre o processo de discussão a respeito da escolha do pré-candidato a vice na chapa de Gladson Cameli. A crítica do presidente do TCE se fundamenta no fato de o gabinete dele ter se transformado em uma espécie de reduto de várias lideranças da oposição nos últimos meses.

Sem convite II

De empresários a ex-gestores públicos, várias foram as conversas de supostos interlocutores de Gladscon Cameli. Mas, da boca do pré-candidato progressista mesmo Valmir nunca ouviu convite nenhum.

Gota d’água

A gota d’água que fez aflorar certa impaciência no conselheiro (ninguém nem imagina como isso seria possível em um gestor conhecido pela serenidade) foi protagonizada pelo próprio Gladson. Em conversa com o jornalista Altino Machado, o senador teria dado um prazo para a escolha do nome. Essa conversa foi divulgada em uma determinada manhã. Na parte da tarde do mesmo dia, em uma agenda pública, Cameli se encontrou com Valmir Ribeiro. A conduta do parlamentar foi entendida como desrespeitosa por parte do conselheiro.

O que ganha?

“Brasil afora, há senadores e deputados federais que articulam forte para deixar o parlamento e assumir uma cadeira nos tribunais de conta”, diz Valmir Ribeiro, sugerindo uma contabilidade de difícil resposta. O que o atual presidente do TCE ganharia ao assumir a condição de pré-candidato?

Rocha

Se Rocha foi uma definição cheia de interesses por parte do tucano, a condução deixou marcas que mostram o perfil de uma possível gestão.

Ressalva

Deve ser feita a ressalva de que, durante todo o processo, Valmir Ribeiro, se portou com a discrição que o cargo lhe exige. Não há uma declaração que lhe comprometa a conduta. A postura do presidente do TCE, no entanto, não foi acompanhada pela corte que lhe era feita. O nome do conselheiro, direta ou indiretamente, foi exposto. 

Sugestões, críticas e informações O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.



agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado