15 Maio 2018 Written by 

Prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, já agendou audiência com o presidente do Tribunal de Contas do Acre, Valmir Ribeiro. Quer saber se a Emurb pode ser soberana na produção de asfalto. O assunto não é trivial, dado os bastidores já públicos.

Ponto de mudança

O Acre vive um momento importante para se retomar o debate a respeito de Desenvolvimento e Crescimento Econômico. A industrialização que não veio com a promessa do Governo não pode ser creditada exclusivamente a Tião Viana. A falta de uma política industrial eficiente é mais resultado de decisões federais. Nesse aspecto, o governador fez o que foi possível. Mas, a discussão sobre as vocações econômicas do Acre não se esgotou. Aliás, está bem longe disso.

Florestal?

Já foi dito que “a vocação do Acre é florestal”. É mesmo? A tendência natural pede que tenhamos essa percepção. Mas, o que os números dizem sobre isso? Há pesquisas feitas na nossa querida Ufac que dizem o contrário. Portanto, não há consenso em torno do problema.

Consensos

Pode estar aí, inclusive, um bom ponto de partida: quais são os nossos consensos em torno de Desenvolvimento? Foi um debate já elaborado na concepção do Zoneamento Ecológico Econômico, mas que está merecendo reinvenção. A partir desses consensos, poderia se iniciar um debate. Mas, é preciso ter espírito republicano para isso. Nós estamos nesse nível de entendimento?

Qualificação

A qualificação do debate sobre o tema recai mais sobre a oposição. Os partidos deveriam atentar para isto. Querem propor uma “alternativa ao que está aí”? Pois bem. Quais são? E como essa alternativa pode ser executada?

Resguardar

Prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, já agendou audiência com o presidente do Tribunal de Contas do Acre, Valmir Ribeiro. Quer saber se a Emurb pode ser soberana na produção de asfalto. O assunto não é trivial, dado os bastidores.

Belo Jardim

O que faz o Belo Jardim ser objeto de tanta violência? Essa ação policial foi muito mal contada. e foi tratada pelo Governo do Acre, discretamente, como uma pequena crise ao longo do dia.

Nota

Nota de Esclarecimento de grupo criminoso. Foi o que circulou em redes sociais durante o dia. O texto tentava dizer que não foi o tal grupo o autor da morte da menina de 11 anos. Quem é que vai querer a autoria de um crime desse? O Acre suporta muita coisa mesmo.

Sugestões, críticas e informações O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.



agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado