Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019
26 Junho 2019 Written by 

A possível saída de Bestene da Aleac para assumir a vaga de Antonio Malheiros no Tribunal de Contas traz alguma conformação à gestão de Gladson Cameli.

TROCA TROCA

A possível saída de Bestene da Aleac para assumir a vaga de Antonio Malheiros no Tribunal de Contas traz alguma conformação à gestão de Gladson Cameli.

TROCA TROCA II

O primeiro aspecto que precisa ser ressaltado é que a saída de Bestene retoma o antigo desenho de ter Antônio Malheiros no núcleo do governo de Gladson. O atual conselheiro só não fez parte da equipe de primeiro escalão porque precisava ter segurança em relação a detalhes burocráticos relacionados à aposentadoria da corte de contas do Estado. E, de quebra, a saída de Bestene provoca também a entrada do colega de partido Elson Santiago, o suplente, na Assembleia Legislativa.

TCE

Tribunal de Contas... o porto seguro de acomodações mais desejado de toda classe política.

PARA VARIAR

Para variar, o TCE acaba sendo o "cala boca" irrecusável para encerrar crises políticas. No caso, as rusgas internas do PP e suas lideranças.

AINDA A PEIXES

O tempo está passando e o Gabinete Civil do Governo do Acre não define se vai ou não vai decidir pela falência da Peixes da Amazônia S/A. São recursos da ordem de R$ 150 a R$ 200 mil para garantir a manutenção do espaço até que seja aprovada a Recuperação Judicial da empresa. Só tem até o dia 30 deste mês.

PLANO DE RECUPERAÇÃO

O plano de recuperação, inclusive, foi elaborado pelos acionistas privados até o ano de 2029. É um documento que explica o que o grupo planeja executar para garantir retorno aos credores do empreendimento. Um dos credores, por exemplo, é o Banco da Amazônia. Os executivos do banco, informalmente, gostaram do plano que viram. Mas para que a instituição aceite é preciso passar por uma decisão do Conselho do Basa. O documento, diga-se de passagem, traz a assinatura da Fundação Getúlio Vargas.

CONSEQUÊNCIAS

Só de uns tempos pra cá que muitos acionistas privados da Peixes da Amazônia S/A entenderam que se o empreendimento falir, o CPF deles vai travar de uma tal forma que até para comprarem a prazo no cartão de crédito em lojas regionais vai ser difícil. As empresas que administram também vão ter dificuldades em ser geridas. Vai ser ruim para todos.

Sugestões, críticas e informações O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.



agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado