Print this page
Coluna Vagno Di Paula - 28/08/2019
02 Setembro 2019 Written by 

Coluna Vagno Di Paula - 28/08/2019

 NO ATRASO DAS IDEIAS...

A Amazônia em chamas, a censura voltando, a economia estagnada, e a pessoa quer falar de quê? Dos cafonas. Do império da cafonice que nos domina. Não exatamente nas roupas que vestimos ou nas músicas que escutamos — a pessoa quer falar do mau gosto existencial. Do que há de cafona na vulgaridade das palavras, na deselegância pública, na ignorância por opção, na mentira como tática, no atraso das ideias (Fernanda Young)

1colunavagno02092019ok

 Amigos leitores, transcrevo nesse espaço, esse último e tocante artigo, feito por Fernanda Young em sua coluna no Jornal O Globo, antes de falecer. Young faleceu aos 49 anos e com precisão descreveu a era “cafona” e “mofa” que estamos vivenciando, do mal gosto existencial... “O cafona fala alto e se orgulha de ser grosseiro e sem compostura. Acha que pode tudo e esfrega sua tosquice na cara dos outros. Não há ética que caiba a ele. Enganar é ok. Agredir é ok. Gentileza, educação, delicadeza, para um convicto e ruidoso cafona, é tudo coisa de maricas. O cafona manda cimentar o quintal e ladrilhar o jardim. Quer todo mundo igual, cantando o hino. Gosta de frases de efeito e piadas de bicha. Chuta o cachorro, chicoteia o cavalo e mata passarinho. Despreza a ciência, porque ninguém pode ser mais sabido que ele. É rude na língua e flatulento por todos os seus orifícios. Recorre à religião para ser hipócrita e à brutalidade para ser respeitado. A cafonice detesta a arte, pois não quer ter que entender nada. Odeia o diferente, pois não tem um pingo de originalidade em suas veias. Segura de si, acha que a psicologia não tem necessidade e que desculpa não se pede. Fala o que pensa, principalmente quando não pensa. Fura filas, canta pneus e passa sermões. A cafonice não tem vergonha na cara” (Fernanda Young)

2colunavagno02092019

Setembro, mês da primavera, mês das flores... momento de celebração do nascimento da querida amiga, procuradora de justiça do Ministério Público do Estado do Acre, Drª Giselle Mubárac Detoni, assinalado nesse domingo, dia 1º. Giselle tem uma carreira respeitada, de uma conduta limpa, correta, íntegra, com honras, uma pessoa com idoneidade moral e honesta. Felicito de forma especial, desejando-lhe todas as bênçãos merecidas, com muitas alegrias, saúde e vida longa!

3colunavagno02092019

 A pedida desse sábado (31) é a estreia do novo show da intrépida e multifacetada Camila Cabeça, que promete agitar o esqueleto dos presentes com as suas músicas de batuque brasileiro...na casa do Rio. A programação ainda contará com a participação da DJ Malu e Crellier. Será uma verdadeira festança da música brasileira!

4colunavagno02092019

Encontro e uma boa conversa informal sobre turismo entre o Presidente do Conselho Municipal de Turismo de Rio Branco Thiago Higino e o massoterapeuta e defensor da natureza Bento Marques. Na pauta: Turismo ecológico pelas belas águas escuras e cristalinas do Rio Croa no Juruá e suas magníficas vitórias-régias

VagnoDipatro2017ok2