Você está aqui: Home Esporte Clima “esquenta” no pré-jogo entre os Galos do Acre e de Minas

Clima “esquenta” no pré-jogo entre os Galos do Acre e de Minas

Técnico Álvaro Migueis reclama de “falta de apoio”

O técnico do Atlético Acreano não ficou nada contente com a negativa que recebeu quando pediu que o campo da Arena da Floresta fosse disponibilizado para o último treino antes da estreia na Copa do Brasil. O técnico desabafou e afirmou que, mesmo sem apoio, o Galo não vai baixar a cabeça.

O técnico Álvaro Miguéis estava inquieto antes do último treino da equipe para estreia na Copa do Brasil. Nos bastidores, havia a informação de que as atividades da tarde seriam no Estádio Arena da Floresta.

Miguéis estava inconformado com a resposta que recebeu ao solicitar horário no campo em que o jogo será promovido para que a equipe treinasse. Queria a qualquer custo ir até lá, sujeito até mesmo a ser barrado. Mas aos poucos se acalmou e desabafou.

"O Atlético Mineiro tem que treinar lá, lógico, tem que reconhecer o gramado e realizar seu último treino, assim como o Atlético Acriano e é a equipe que vai jogar contra eles nesse jogo tão importante. Assim acontece nos estádios do Brasil e do mundo inteiro acontece assim e treinam em horários diferentes. Mas, o Atlético Acriano, clube do Estado do Acre foi impedido pela administração da Arena da floresta de treinar hoje lá", disse.

A alfinetada Miguéis deixou para o fim ao ser questionado se a situação traria prejuízo ao time. "Tentaram nos prejudicar o ano todinho de 2017, mas não conseguiram, por que eu passo por cima. Nós subimos, conseguimos o acesso. Somos atuais bicampeões", completou.

O mal estar não impediu os trabalhos e o diálogo com a equipe. Tudo muito leve, pra não desgastar os atletas. O treino inclusive sofreu atraso de uma hora, por que o sol não estava perdoando. O foco inicial foi em batidas de escanteio.

Para os jogadores a expectativa é de um jogo marcante na carreira. Entre eles, a conversa é a mesma: buscar o resultado independente do adversário. "Independente do adversário a gente tem que trabalhar certo, com humildade, pés no chão, por que independente de qualquer coisa eles veem aqui pra conseguir a vitória então a gente tem que fazer valer e conseguir a classificação", disse o atacante Rafagol.

A equipe mineira tem a vantagem do empate com a nova regra da competição. Para Araújo Jordão, um dos confirmados para a partida: fator determinante para a equipe acriana buscar a vitória. "A gente respeita muito o adversário, mas temos necessidade de vencer. Então, dos três resultados que tem no futebol, dois são a favor deles e um nosso, uma vez que a vitória realmente nos interessa diretamente", comentou Araújo Jordão.

Os últimos ajustes foram acertados por Álvaro Miguéis nesta terça-feira com a equipe. "Nós sabemos que só a vitória nos interessa devido o regulamento e não vamos mudar nossas características", disse.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado