Você está aqui: Home Esporte Cotidiano Jordão: custo de vida no município é um dos mais caros do Brasil

Jordão: custo de vida no município é um dos mais caros do Brasil

Preço da cebola chega a custar R$ 8,00 no comércio local

Jordão virou notoriedade por ter um dos mais baixos IDHs, Índice de Desenvolvimento Humano do Brasil. Distante cerca de 600 quilômetros de Rio Branco e situado  numa região de difícil acesso, o município fica na fronteira sul do Brasil com o Peru.
 
A falta de investimentos e empregos faz com que o Jordão “sobreviva” graças aos salários dos servidores do município, as aposentadorias e ao Bolsa Família.
 
Cerca de 30% dos moradores dependem exclusivamente do dinheiro repassado pelo governo federal, através de ajuda social.
 
O custo de vida é altíssimo. Em Rio Branco um litro de óleo de cozinha custa em média R$ 2.79, em Jordão R$ 5, quase o dobro. Um quilo de arroz, na Capital, o mais caro, custa R$ 2,65, o quilo, em Jordão, R$ 4,50.
 
A cebola e o tomate, enquanto em Rio Branco o preço máximo é de R$ 2,50 kg, Jordão chega a R$ 8, três vezes maior que o valor na Capital. O quilo do frango congelado em Rio branco varia dependendo da marca, pode-se encontrar até de R$ 5,69, já em  Jordão não sai por menos de R$ 9.
 
O secretário de Saúde do município, Clediney Castro,  que veio participar de uma reunião na Capital, explica que muitas mercadorias chegam de avião, e, por isso, os preços são altos, e para a comunidade carente, a maioria no município, fica difícil consumidor alguns produtos.
 
O único produto que chega a ter um valor bem abaixo de Rio Branco é a carne bovina. Enquanto nos supermercados da Capital o quilo sai por R$ 27, em Jordão, R$ 10. Mas, não é fácil comprar remédios, roupas e outros produtos que chegam a cidade, que pela dificuldade de transporte, têm os preços bem elevados.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado