Artigos

Na Capital, prefeitura lança disque denúncia para combater o racismo

Lançamento aconteceu nesta terça, 13 de maio

A prefeitura de Rio Branco, através da Secretaria Adjunta de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEADPIR), lançou neste treze de maio, no auditório do Palácio da Justiça, no centro da cidade, o Disque Racismo (3211-2429), instrumento importante para combater o racismo em nossa cidade.

O lançamento do Disque Racismo tem a simbologia de acontecer na data em que a SEADPIR comemora um ano da campanha Rio Branco Sem Racismo. O evento contou com a participação do prefeito em exercício, Márcio Batista, do Ouvidor da SEPPIR, da Presidência da República, Carlos Alberto Souza, da titilar da SEADPIR, Lúcia Ribeiro, ativistas do movimento de combate ao racismo e também de direitos humanos.

O Disque Racismo é um serviço criado para acolher, orientar, encaminhar e acompanhar as denúncias de práticas discriminatórias étnico-raciais em nossa cidade, além de informar, prestar esclarecimentos e também receber sugestões. É o primeiro voltado para a população negra, indígena e comunidades tradicionais de matizes africanas.

O evento contou com importante presença também de representantes ligados aos conselhos de promoção da igualdade racial, além de representantes de comunidades religiosas de matriz africana. Quem faz uma denúncia através do Disque Racismo tem o sigilo da fonte garantido.

A secretária de Política de Promoção da Igualdade Racial de Rio Branco, Lúcia Ribeiro, destacou que o tema do racismo está na moda, inclusive na copa do mundo, quando casos de racismo têm acontecido no futebol, ela aproveitou a oportunidade para fazer uma espécie de prestação de contas do primeiro ano da campanha Rio Branco Sem Racismo.

Lúcia Ribeiro lembrou que de acordo com o último censo, mais de 70% dos moradores de Rio Branco se declaram pardos ou negros. A campanha chegou a escolas públicas e privadas, universidades, órgãos e instituições governamentais e não governamentais e também em espaços públicos, realizando milhares de atendimentos entre crianças, adolescentes, jovens e adultos.

O prefeito em exercício, Márcio Batista, destacou que o Disque Racismo é um importante instrumento de combate às práticas de racismo em nossa cidade e que a SEADPIR é parte da política de gestão do prefeito Marcus Alexandre e veio para ficar. “O Disque Racismo está sendo lançado nas comemorações em torno dos cento e vinte e seis anos da abolição da escravidão no Brasil e, por isso, tem um simbolismo muito grande”, afirmou.

O Ouvidor da SEPPIR, Carlos Aberto Souza, destacou que o Disque Racismo vai ajudar no enfrentamento ao racismo e fortalece a parceria entre o governo federal, a prefeitura de Rio Branco e o governo do Estado que, segundo ele, lidera o ranking dos Estados do Norte no que diz respeito às políticas de enfrentamento ao racismo.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado