Ufac está na Cúpula Mundial de Hepatites

Representando a Universidade Federal do Acre (Ufac), os professores Marina Sanson e Marcelo Siqueira, do curso de Enfermagem do campus Floresta, participaram da Cúpula Mundial de Hepatites-2018, realizada em Toronto, no Canadá, de 14 a 17 de junho. O objetivo do evento foi debater o problema das hepatites em todo o mundo, reunindo esforços para reduzir o número de casos da doença até 2030.

Os professores da Ufac apresentaram resultados de pesquisas realizadas na região do Alto Juruá, onde é elevado o registro de infecção crônica e óbitos em decorrência da hepatite viral B e infecções associadas. Os resultados foram publicados no “Journal of Viral Hepatitis” (Jornal de hepatite viral).

A cúpula, que ocorre a cada dois anos, reuniu cientistas, profissionais da saúde, entidades governamentais e fundações sociais. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), as hepatites constituem um grave problema de saúde pública e são responsáveis por milhares de casos crônicos e de óbitos anualmente.

No Brasil, o principal tipo de hepatite em evidência é a B, com destaque para elevados índices de prevalência na Amazônia Ocidental. “O desafio de controlar e erradicar as hepatites ainda carece de esforços científicos e de investimentos para produção de pesquisas que possam garantir melhor qualidade de vida para as pessoas infectadas”, disse Marina Sanson.

“A Amazônia ocidental brasileira precisa entrar verdadeiramente na agenda de prioridade nacional quanto à necessidade da implantação de medidas de prevenção e de controle das hepatites virais, principalmente considerando a falta de tecnologia para diagnóstico e de recursos humanos especializados”, comentou Marcelo Siqueira.

A próxima Cúpula Mundial de Hepatites ocorrerá em 2020, com local e data a serem definidos pela Aliança Mundial contra a Hepatite, entidade vinculada à OMS.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado