Fogo na Amazônia é debatido na Ufac

A Universidade Federal do Acre (Ufac) realizou a palestra “Novos Padrões de Fogo na Amazônia: Consequências para o Funcionamento Florestal”, na tarde dessa quarta-feira, 12, no auditório do Bloco dos Mestrados, no campus-sede.

A palestra, destinada a estudantes dos cursos de graduação em Agronomia, Engenharia Florestal e Biologia, apresentou uma compilação de resultados de estudos realizados pela Ufac em parceria com outras universidades.

O palestrante, Luiz Aragão, é chefe da Divisão de Sensoriamento Remoto do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Ele informou que a palestra apresenta dados dos impactos que as queimadas causam na população humana e na vegetação das florestas da Amazônia.

“O que mostramos são impactos em índices de doença respiratória, com aumento de fumaça na atmosfera”, disse Aragão. “Também impactos na vegetação, com a perda de biomassa e perda da manutenção dessas florestas em prover serviços ecossistêmicos como o ciclo da água, por exemplo, que tem efeito direto na produção agrícola”.

A palestra faz parte de uma iniciativa para construção colaborativa de uma proposta para um novo regime de fogo na região amazônica em conjunto com os países que compõem a região MAP (Madre de Dios, Acre e Pando).

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado