Você está aqui: Home Polícia Grávida de oito meses morre, atingida por tiro

Polícia

Grávida de oito meses morre, atingida por tiro

“Salve minha filha”, disse Débora ao médico

A jovem Débora Lima, 26, morreu na tarde desta terça-feira, vítima de um tiro. Ela estava grávida de oito meses e estava acompanhada da filha de três anos, também ferida. Elas foram vítimas da ação de grupo criminoso que invadiu a casa em que elas estavam. O grupo estava armado e já entraram na residência atirando. Um home que estava na casa no momento do crime ficou ferido, mas não morreu.

Os bandidos, após efetuarem os disparos, fugiram em uma moto. O Samu foi acionado junto com a Polícia Militar. A equipe da viatura 01 do Samu chegou rápido ao local. O médico relata que quando chegou na casa, a mãe estava com a filha de três anos nos braços.

O médico disse que quando a mãe viu a equipe chegar já foi entregando a filha e informando que a menina havia levado um tiro e pediu. “Salve a minha filha”.

Os paramédicos então começaram a realizar o atendimento às vítimas. Segundo o médico, a criança levou um tiro no peito direito. A bala entrou e saiu, mas o quadro de saúde da criança estava estável. A bala não teria atingindo nenhum órgão vital.

Após atender a criança, o médico então foi atender a mãe que teria levado dois tiros. Segundo médico, o homem teria levado um tiro nas nádegas: a bala teria subido e se alojou no abdome. Os três foram levados para o Pronto Socorro de Rio Branco.

Logo ao chegar ao Pronto Socorro de Rio Branco, a mãe foi para a sala de cirurgia. Foi feito um parto de emergência para a retirada do bebê.

Segundo os médicos, foi feito o parto de uma garotinha. A menina ainda teve uma parada cardíaca. Foi reanimada e levada para a UTI. Horas depois, a mãe não resistiu e morreu. O bebê também não resistiu e morreu.

 

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado