Você está aqui: Home Polícia Operação Hora Extra, da PF, prende dois servidores da Aleac

Polícia

Operação Hora Extra, da PF, prende dois servidores da Aleac

Desdobramento da Operação Hefesto

A Polícia Federal deflagrou a Operação Hora Extra, um desdobramento da Operação Hefesto, para cumprir dois mandados de prisão preventiva e dois mandados de busca e apreensão na manhã desta terça-feira (18), em Rio Branco.

Nesta segunda fase, dois servidores da Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac) foram presos. Eles são suspeitos de obstrução de justiça e de ocultarem provas dos desvios no contrato de publicidade com a Aleac. Um dos envolvidos está afastado, em licença, e o outro está em férias. Entretanto, no mesmo dia da deflagração da operação Hefesto, foram até a Aleac, em horário fora do expediente, de onde saíram levando volumes e mochilas da repartição pública.

"Nós tivemos notícias de que alguns servidores da Assembleia estavam sumindo com documentos, possívelmente provas da opração realizada na semana passada. Diante disso, comunicamos ao juiz, pedimos providências e ele deferiu os mandados de busca e de prisão contra esses servidores", explica Jacob Melo, delegado da Polícia Federal.

A Operação Hefesto, deflagrada nos dias 13 e 14 de setembro, apurou possíveis fraudes nos contratos de publicidade da Assembleia Legislativa do Estado do Acre com a empresa VT Publicidade. Na ocasião, sete acusados de participar do esquema foram presos, inclusive a empresária Charlene Lima, dona da empresa de publicidade. 

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado