Domingo, 16 de Junho de 2019
Você está aqui: Home Política SEMSA divulga dados sobre casos suspeitos de dengue

Política

SEMSA divulga dados sobre casos suspeitos de dengue

Policlínica Barral y Barral volta a funcionar em horário normal

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou na sexta-feira (17) número de redução nos casos de pacientes com suspeita de dengue e por conta disso algumas ações já começaram a ser colocadas em prática.

Rio Branco chegou a registrar até 27 de Abril deste ano 3.441 notificações da doença. Um número 175% maior que o registrado no mesmo período do ano passado, que foi de 1.252 notificações. Hoje, segundo dados da vigilância epidemiológica, os casos suspeitos da doença registrados ficam abaixo de 80 por semana, o que é visto como dentro do padrão aceitável de ocorrências na região.

“Para gente que estava nesse combate intensivo é bem tranquilizante e ficamos muito satisfeitos com sentimento de dever cumprido, foi difícil, mas tivemos parceiros e isso que é importante, pois a gestão sozinha não consegue, estabelecemos algumas estratégias, fazemos algumas atividades, mas a população é o principal responsável por nos ajudar a fazer a vistoria do seu terreno”, disse o coordenador da vigilância em Saúde, Felix Araújo.

Com um menor número de pacientes com suspeita de dengue, algumas providências prática começaram a ser tomadas. Na policlínica Barral y Barral que teve o horário de atendimento ampliado para até às 22 horas, agora volta a funcionar no horário normal, das sete da manhã às seis da tarde.

Outras ações, como o carro fumacê, também tem a atuação reduzida a partir de agora, mas campanhas educativas e atividades nas escolas permanecem atuantes, isso porque o período ainda exige cuidados. Os pontos ainda considerados mais críticos da cidade estão nas regiões da Baixada, do Calafate e do Belo Jardim.

“O esforço foi grande, mas a gente precisa se manter em alerta quanto aos perigos dessa doença que causa diversos tipos de complicação, por isso devemos ter cuidado com nosso ambiente doméstico, nosso terreno, é preciso uma atenção redobrada para que consigamos vencer essa doença”, concluiu o coordenador.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado