Sábado, 24 de Outubro de 2020
Você está aqui: Home Entretenimento Quentinhas da Redação Estrela do PT, Jorge Viana não participará da votação para escolha de presidente

quentinhas-da-redacao

×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 49

07 November 2013 Written by 

Estrela do PT, Jorge Viana não participará da votação para escolha de presidente

A guerra é de vocês
O senador Jorge Viana (PT) está decidido a não ir votar no próximo domingo nas eleições para presidente do PT. Descontente com o atual clima de guerra em seu partido, Jorge terá agenda em São Paulo para ficar bem longe do Acre. O senador tentou até os últimos minutos lutar pela unidade dentro do PT, ,as a cada dia vê o tiroteio ser intensificado. Informações dão conta de que a ordem para seus auxiliares do gabinete é a neutralidade máxima, evitando qualquer interferência no processo.  Nesta artilharia pesada entre os grupos de Sibá Machado e Ermício Sena, o senador quer sair sem nenhum arranhão.
 
Frente petista
Informações dão conta de que a eleição do PT há muito ultrapassou as quatro paredes da sede do diretório. Cargos comissionados de todos os partidos da Frente Popular recebem orientações para pedirem voto a Ermício Sena àquele companheiro petista que vai depositar um votinho em Sibá Machado.
 
São Carioca
A eleição do PT vai produzindo milagres, como a união entre Padeiro e Tonheiro no Bujari. Há uma razão para isso: O PT da cidade já se articula para lançar outro nome para prefeito por parte expressiva da militância ter sido abandonada pela gestão do atual prefeito. Tonheiro corre o risco de não se reeleger por falta de apoio na própria casa.
 
Data marcada
Os deputados vão deixar para esta quinta a votação das matérias do Executivo após dois dias de trancamento da pauta. No entanto, primeiro será votada a PEC das emendas impositivas. O relatório será votado na comissão especial, sendo logo em seguida remetido ao plenário.
 
Convencimento
Astério Moreira (PEN) tentou, tentou e tentou convencer os deputados a destrancarem a votação ainda ontem, mas não teve jeito. A ampla bancada governista bateu o pé e não deixou um projeto sequer ir para votação. O acordo é para ir tudo num “pacotão” só hoje.
 
Imposição
Reunidos numa mesa os deputados reclamavam da falta de prestígio do Parlamento ante o Executivo. Um deles lembrou que até agora o Orçamento 2014 não foi enviado para apreciação, somente a mensagem comunicando o envio em breve. Ao que parece, a peça só chegará para análise em, no máximo, 48 horas antes da votação.
 
Broncas
Por falar em Fazenda, o recado repassado ao secretário Mâncio Lima Cordeiro estremeceu as estruturas do Palácio Rio Branco. A análise é que o recado foi emitido sem as ordens e conhecimento do governador Tião Viana (PT), sendo Mâncio um de seus mais importantes auxiliares.
 
Às claras
Por meio de nota oficial, Mâncio Lima refutou qualquer possibilidade de relação azedada com o governador. “Minha relação com o Tião, tanto institucional quanto pessoal, estão alicerçadas pela transparência e na verdade, e que nelas nada está interferindo”, responde o secretário, que está de visual novo com seus cabelos compridos.
 
Os fatos
Deste cabo de guerra no PT há uma certeza: parte significativa dos militantes orgânicos está descontente com o rumo do partido, por isso a vitória de Sibá não é de toda descartada, mesmo com toda a estrutura do governo voltada para a eleição de Ermício Sena.
 
Contemplação
Outro ponto unânime entre petistas orgânicos é que Sibá Machado foi um dos melhores presidentes do PT nos últimos anos, mesmo ocupando por muito tempo a cadeira de senador em Brasília, contrapondo o principal argumento dos adversários, de que sua ausência do Acre prejudicaria a executiva.
 
Calmaria
O vereador Juracy Nogueira (PSB) diz estar tranquilo quanto a um possível processo por infidelidade partidária por ter deixado o PP. Segundo ele, a carta de alforria concedida pela executiva o gabarita a se filiar a qualquer partido, independente de ter saído do forno do TSE ou não.
 
Acordos
Quanto aos suplentes, Juracy diz que não há problemas. O primeiro sucessor, Fabiano Oliveira, é seu aliado e está empenhado na eleição do vereador para deputado estadual em 2014. Em caso de vitória ele assume a cadeira na Câmara, com Juracy o apoiando na eleição de 2016.
 
Farda e pijama
Já o segundo suplente, coronel Juvenal, disse ao vereador não ter interesse na vaga por em breve ir para a reserva pela PM. Uma saída neste momento o prejudicaria em seu processo de aposentadoria, perdendo algumas vantagens salariais.
 
Contenção
Muito alarde se tem feito em torno desta mudança da cobrança do ICMS de antecipação para apuração, e não o inverso como a coluna vinha afirmando. Segundo especialistas no assunto, pela apuração o governo amplia seus mecanismos de combate à sonegação. Com isso, quem tinha o caminho das índias para burlar o fisco, terá muitas pedras pela frente.
 
À força não
Gladson Cameli (PP) dá a seguinte resposta quando perguntado se trabalha para conseguir o comando do Pros no Acre: “Isso é que nem aquele caso da mulher que não quer mais ficar com o cara e fica forçada. Eu não quero ninguém comigo que não venha por vontade própria”. A declaração é uma referência a Maria Antônia, que rodou mundos e fundos para permanecer na base do governo, encontrando no Pros a porta da salvação .
 
Mais um
Já começa a tramitar no Tribunal de Justiça do Acre mais um processo contra o prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales (PMDB). Em segredo de Justiça, a ação foi movida pelo MP Estadual que denuncia o gestor por improbidade administrativa. É processo em Brasília e nestas bandas onde o vento faz a curva.



agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado