Polícia

Motorista da BMW se apresenta à polícia

Fora do período de flagrante motorista é liberado

O servidor público comissionado, Ícaro José da Silva Pinto, 33 anos, acusado de atropelar e matar Jonhilane Paiva de Souza, 33 anos, se apresentou na delegacia da primeira regional, na baixada da Sobral, na tarde de sexta-feira (07).

Acompanhado de uma advogada, Ícaro prestou depoimento e foi liberado em seguida pois estava fora do período de flagrante e não havia nenhum mandado de prisão em seu nome.

Ícaro é acusado de dirigir a BMW que atropelou e matou Jonhilane Paiva de Souza, na última quinta-feira (06). Segundo informações, ele e outro motorista estariam fazendo um racha na Avenida Antônio da Rocha Viana, quando o acidente aconteceu.

Alan Lima conduzia o outro veículo e foi ouvido na delegacia, ele negou que participava de um racha e disse ao delegado que não conhecia Ícaro.

As investigações continuam e o delegado Alex Danne pode apresentar um mandado de prisão contra o acusado.